terça-feira, 26 de maio de 2009

Darwin é que sabia das coisas!

Quando criança, sempre tive uma certa dificuldade com as cores. Porém, sempre achei que isso fosse uma confusão que eu fazia com o nome das cores; nunca pensei que eu simplesmente as enxergava de uma forma diferente. Os anos foram passando e eu constatei que era daltônica, assim como meu pai. Antes que você pergunte como eu vejo os semáforos (enxerga invertido???) o meu tipo de daltonismo não é esse, de confundir verde e vermelho, mas um que confunde outros tipos de cores, quando elas são muito claras ou muito escuras. Isso nunca foi um incômodo para mim. Porém, há poucos dias, jurei que uma marca roxa era cinza. Calma, respira, don´t panic, fecha os olhos, abre, vê de novo. Cinza. Cinza. Cinza. Oquei, comunicóloga, fique longe da salinha de direção de arte! Imagina o cliente recebendo mil panfletos roxos e eu jurando que é cinza? Não rola.
Além do meu pai, um primo e um colega de sala possuem o mesmo tipo de daltonismo que eu, apesar dos médicos afirmarem que apenas 1% da população mundial possuem esse tipo de daltonismo. Oquei, bora fazer uma recontagem, né?
Mas o melhor vem agora: todo mundo sempre te encara como diferente e fica naquela chatice: que cor é essa blusa? como você enxerga isso aqui? mas deve ser tão estranho não saber como são as cores! Cara, vamos deixar claro uma coisa: o fato de eu não enxergar da mesma forma que você, não significa que eu não enxergue todas as cores! Eu apenas confundo! E isso é comprovado cientificamente, segundo a Wikipedia. Os daltônicos enxergam nada menos que aproximadamente 500 a 800 cores. Eu praticamente tenho a escala Pantone nos olhos, espertinho! Além disso, enxergo melhor no escuro. Sou um ser evoluído. Tirando a parte que eu nunca enxerguei sete cores no arco-íris, tá tudo certo. Sou a nova Eva da humanidade. No futuro as pessoas enxergarão como eu, e isso será normal. Na verdade, minha visão é uma evolução. Darwin é que sabia das coisas. Ah, e Van Gogh, o pintor, também era daltônico.

---
PS: A palavra é: DRAMA. Afinal de contas, qual a graça de ser diferente em alguma coisa se você não pode ser dramático?

2 comentários:

Humberto disse...

Hahahaha, adorei. Especialmente o P.S. e o fato de você ser a nova Eva (trata de repovoar esta Terra logo de novo porque com certeza vai dar uma elevada no nível dos habitantes, rs).

breno costa disse...

caso o céu fique oculto por poeira derivada de uma queda de um meteoro, como aconteceu com os dinossauros, você terá maiores chances de sobreviver, pois enxergá melhor no escuro. Vantagem evolutiva, espalhará os seus gens sobre a terra. Grande Darwin... Cabra safado que só ficava de cama, sempre doente, mas viajava pelo mundo a bordo de cargueiros ingleses.