terça-feira, 18 de novembro de 2008

Quanta asneira...

Eu nem gosto de Sandy e Jr. Não gosto mesmo, de verdade. Mas essa música me define demais... não só a mim, mas também define um monte de coisas, várias feridas que insistem em abrir again, and again, and again...


"Quanta bobagem
Tudo o que se falou
Me olho no espelho
E já nem sei mais quem sou

Quanto talento
Pra discutir em vão
Será tão frágil
Nossa ligação

Não tem que ser assim
Tanto desencontro, mágoa e dor
Pra que que a gente tem que se arriscar

Então volta pra mim
Deixa o tempo curar
Esse estranho jeito de amar

Falsas promessas
Erros tão banais
Mas ninguém cede
Nem pensa em voltar atrás

Esquece esse jogo
Não há vencedor
O mesmo roteiro
De sempre cansou

Vou te amando
E me frustrando
E sobrevivendo
Por um fio

Mas tô aqui
Sem desistir
Volta pra mim"


3 comentários:

Charlie Liu disse...

garrei ódio mortal da sandy quando ela cantou uninvited no maracanã... desdeentão me recuso a ouvir qualquer música dela. profanou Alanis Morissette! ushdushads

Alyson disse...

Nossa.. te encontrar por aqui foi uma tremenda surpresa.. considero essa menina d+! ja ta add no meu blog tb...
bjaum! num sei se vai chegar a ver isso naum,mas ta ai!

HUMBERTO disse...

Sumiste? Volta. :)