quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Passarinho


"Voa, minha passarinha, voa.

Te amo do umbigo.

Do teu eterno menino,

Cazuza"

(Mensagem de Cazuza a sua mãe depois de uma briga em 1989.)


Porque só dois passarinhos entendem o que esse bilhete deixado em 89 por Cazuza à sua mãe quer dizer pra gente.

Força meu amigo. Você vive em mim. Eternamente.

3 comentários:

Polly disse...

Só entende quem tem esta liberdade de brigar, voltar, se arrepender e jamais deixar de ser do outro, de ter o outro dentro da gente, apesar de tudo!

Também gostei do seu blog.
Visite o cremdeuspai sempre que quiser, será bem vinda.

Beijos

Humberto disse...

E assim vai rolando o intercâmbio entre os bloggers de plantão.

Abs. E força pra todos nós.

B. G. disse...

;~